Agosto começará com a energia da Lua Nova que se iniciou no dia 28.07. A tendência será de um Céu mais leonino e colérico, já que Júpiter segue em Áries. Ou seja, um espaço propício para firmar os desejos em relação a certas conquistas. Leão não é um signo veloz, é fixo. Por conta disso, concede esse aspecto “arrastado” do mês de Agosto. Para assumir o reino, é preciso manter o trabalho firme, a cabeça erguida e a coroa bem sustentada. O período será particularmente intenso para os signos de Fogo: Áries, Leão e Sagitário. Além de gerar algumas tensões para os fixos: Escorpião, Touro e Aquário.

Quanto às trocas de signos dos planetas, o principal evento será a mudança de Mercúrio em Leão para Virgem no dia 04.08. Com isso, a comunicação e as aprendizagens tenderão a ser mais efetivas. Mercúrio fica forte nesse posicionamento, favorecendo quem carrega muitos signos de Terra (Capricórnio, Touro, Virgem). E provocando um pouco os demais mutáveis (Sagitário, Gêmeos, Peixes) ao demandar uma maior organização de tudo que realizamos. Outra mudança será a passagem da Vênus para Leão no dia 12.08, tornando o afeto uma questão de controle e brilho. Para quem aprova uma dose a mais de vaidade, será um período bem interessante. 

Por fim, ao final do mês, Marte pula para Gêmeos e o Sol para Virgem, fechando o período mais leonino e trazendo à tona um tom mais comunicacional para as relações e para as formas de lidarmos com nosso “Eu”. A mutabilidade de Gêmeos e Virgem é melhor favorecida quando deixamos de lado aspectos muito “duro” ou “convicções” e concedemos mais margem à dúvida, à curiosidade e a tudo que for ambíguo. A brincadeira e o lúdico deverão tomar conta do cotidiano. Faz bem! Setembro começará nesse mood.

Busque ler não só o seu signo solar como também o Ascendente. Para quem for fazer aniversário no período, aconselhamos uma leitura oracular completa com alguém que compreende as técnicas astrológicas em profundidade. 

Esse é um mês importante para quem carrega Sol ou Ascendente em Áries. Os planetas em Leão farão bons aspectos, ainda contando com a presença de Júpiter em Áries. Os prazeres e a criatividade poderão ser amplificados com a devida medida de coragem. Ainda assim, cabe um cuidado com o discurso. Busque ponderar mais a fala ao longo do mês, especialmente quando quiser manifestar um tom mais crítico.

Depois da segunda metade do mês, o clima vai diminuindo, cedendo maior espaço para negociações do que afirmações de desejo. A rotina poderá tomar mais conta dos dias, o que não será de todo ruim. Pois será necessário um olhar mais cuidadoso com a saúde e se as servidões no trabalho ou em relação às pessoas não anda excessiva. Valerá a pena fechar o mês com maior cuidado consigo.

Texto por Bruno Ueno
art da capa por Dapenha